Com quebra de recordes, Troféu Marcelo Larrat de Natação foi realizado neste sábado

0
180

Com quebra de recordes, Troféu Marcelo Larrat de Natação foi realizado neste sábado

Em um dia de quebra de recordes, a Federação Amazonense de Desportos Aquáticos (Fada) realizou neste sábado (21/07), o Campeonato Amazonense de Velocidade de Categorias 1º semestre – Troféu Marcelo de Carvalho Larrat. A competição, que ocorreu no Parque Aquático do Clube do Trabalhador/ SESI, localizado na Avenida Cosme Ferreira, bairro Coroado, Zona Leste, reuniu mais de 250 atletas de 12 clubes de Manaus, além da equipe Atlética Marinho, de Roraima, que também fez parte do evento.

A competição era composta por provas de 50 metros e durante 10 anos teve como recorde a marca de 37 segundos. Entretanto, este ano, a atleta Nely Gabriela, campeã nos 50 metros peito e 50 metros livre, superou essa marca e alcançou um novo recorde, ao realizar uma marca de 35”96. Nely comentou sua conquista e destacou que entrou nesta categoria após ser descartada no nado sincronizado.

“Este título é uma superação para mim. Eu estava parada há duas semanas e voltei pouco confiante. Lembro que quando entrei na natação, há 6 anos, eu fazia nado sincronizado e a minha professora disse que eu nadava muito mal, então fui para o nado livre, na categoria 50 metros, e venho tendo bons resultados. Estou muito feliz com essa vitória”, disse a recordista.

Favorito nos 50 metros peito, o atleta Davi Gomes, de 15 anos, fez jus à predileção da torcida e levou mais uma medalha de ouro para casa. Davi disse que manteve o que vinha praticando nos treinos e teve sucesso. “O nado ‘peito’ é o meu principal estilo. Na maioria das vezes, entro na competição como favorito, mas isso vai muito da minha dedicação. Eu treino bastante, faço oito sessões por semana, de segunda à sábado. Agora, para alcançar a vitória, só fiz aquilo que treinei e fico muito feliz por isso”, destacou.

O presidente da Fada destacou o trabalho que a federação vem fazendo e o porquê da competição levar esse nome. “Nós estamos fazendo um trabalho de massificação da natação e está dando certo. Hoje nós pudemos verificar vários recordes sendo superados aqui, o que mostra a evolução e a revelação de novos e bons atletas advindos deste processo. O troféu leva o nome do atleta Marcelo Larrat, que foi campeão Norte/Nordeste e campeão Brasileiro na prova de 50 metros livre em 1994, na cidade de Recife/PE, e é um grande exemplo da modalidade”, destacou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here