Arena da Amazônia recebe segunda edição da Oficina sobre IST, HIV/Aids e Hepatites Virais, promovida pelo Ministério da Saúde

0
197

Arena da Amazônia recebe segunda edição da Oficina sobre IST, HIV/Aids e Hepatites Virais, promovida pelo Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde iniciou na manhã desta quarta-feira (11/07), Oficina sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), HIV/Aids e Hepatites Virais para Trabalhadores (as) de Saúde que atuam com usuários de álcool e outras drogas, moradores de rua e pessoas que usam silicone industrial e hormônios. A ação, que é voltada para profissionais da saúde em geral e conta com 60 inscritos, aconteceu no Salão Bossa Nova da Arena da Amazônia, situado na Avenida Constantino Nery, zona centro-sul de Manaus, e segue até esta sexta-feira (13/7), no horário de 9h às 16h.

Ministrada por técnicos do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, HIV/Aids e das Hepatites Virais do Ministério da Saúde, a oficina visa instruir os trabalhadores da área a terem uma nova abordagem em relação à Redução de Danos (RD), como informou a presidente da Associação de Redução de Danos do Amazonas (Ardam), Evalcilene Santos, que foi a responsável pela vinda do evento a Manaus.

“A Redução de Danos é uma estratégia para cuidar do usuário, um trabalho diferente. Não consiste na prevenção e repressão, mas em um modo para que o trabalhador da saúde possa cuidar da pessoa que usa o álcool e outros tipos de drogas (não necessariamente a abstinência), consecutindo na diminuição ou uso seguro do que é utilizado. Afinal, muitas pessoas usam drogas, se cuidam e estão bem. Precisamos que o profissional se atualize e aprenda a como lidar com essa situação. A RD é um trabalho humanitário. Não cuidamos das drogas, mas da pessoa que as utiliza”, disse Evalcilene.

Esta ação do Ministério da Saúde é uma iniciativa conjunta, onde vários órgãos somam na participação e disseminação dos assuntos abordados que, além da RD, traz vistas a uma maior atenção às IST, o HIV e às Hepatites virais para o público que é usuário de drogas. O Secretário de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Manoel Almeida, esteve presente na abertura do evento e destacou que o Governo do Amazonas, por meio da pasta, entende a importância do assunto para a sociedade.

“A Sejel vem caminhando lado a lado com o Governo do Amazonas e, por ordem do governador, temos que ter a transversalidade de tratar de todos os assuntos importantes para a sociedade, como estamos fazendo aqui. Este diálogo é com as pessoas que tratam da saúde pública, compreendendo que há um contingente expressivo de jovens entre 15 e 29 anos, que estão vulneráveis à dependência química. Portanto, esta capacitação é de suma importância para população, uma vez que trata não somente de drogas, mas das IST, HIV/Aids e Hepatites Virais”, disse o titular da pasta.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here